REABERTURA SALVADOR E HOTÉIS VILA GALÉ


Diretor Algacir da TSTour, em visita técnica a hotéis da rede Vila Galé

A TSTour sempre buscando oferecer aos seus clientes, a maior quantidade de informações,

tanto sobre o destino, como sobre os produtos, desta vez, foi visitar dois hotéis da rede Vila

Galé, ambos na Bahia e visitou também a cidade de Salvador.


Nossa viagem aconteceu entre os dias 11 e 18 de setembro, desta vez, usamos o Aeroporto de

Viracopos-Campinas, como ponto de embarque e a Companhia Aérea Azul. Optamos por deixar o carro no estacionamento Garageinn, que fica no prédio do Centro de Convenções, ao lado do aeroporto. Essa empresa oferece transfer de ida e volta até o aeroporto, como chegamos bem cedo, era o mesmo atendente que recebia o carro e levava os clientes até o aeroporto, o que gerou uma certa demora. Ainda bem que estávamos “adiantados”.

O Aeroporto estava bem cheio desse dia. O check-in foi feito, de forma bem simples, com a antecipação devida, e pelo aplicativo, na chegada ao aeroporto, apenas geramos as etiquetas de bagagem nos terminais de autoatendimento e despachamos as bagagens. Fomos atendidos em fila exclusiva para despacho de bagagem.


Área de check in no aeroporto VCP

Por conta dos novos procedimentos, que torna o atendimento mais lento, os restaurantes

estavam com filas bem grandes. Nesse aeroporto, a sinalização sobre os procedimentos de biossegurança, estavam bem visíveis e em toda parte, bem como o álcool em gel.

A Azul está oferecendo snack’s, não mais durante o voo, mais sim, no momento do

desembarque. ,que aconteceu por fileira, como tem sido em todas as companhias. As pessoas

já estão mais acostumadas com essa situação e a grande maioria aguarda sentada.

No Aeroporto de Salvador, notamos que, a Praça de Alimentação continua com poucos

restaurantes abertos, com isso, algumas filas foram se formando. Optamos por alugar um carro, e a MOVIDA, como as demais locadoras, estava transportando uma família por vez, até o pátio dos carros.


Transfer da locadora Movida, no aeroporto SSA

O atendimento na locadora foi rápido e com todos os procedimentos implantados. O carro

estava com um selo de higienizado, e estava bem limpo.

Nossa visita foi dividida em duas etapas: Vila Galé Marés – em Camaçari; e Vila Galé Salvador e

a cidade de Salvador.


Primeira Etapa – Vila Galé Marés

No percurso até o hotel, pela Estrada dos Cocos, o movimento estava bem tranquilo.


Entrada do Vila Galé Marés

Ao chegarmos no hotel, como era no período da manhã, fizemos o check-in imediatamente, que

não foi possível pelo aplicativo, pois estava com problemas técnicos.

O hotel não estava cheio, mas naquele momento, notamos muitos clientes chegando, o que

gerou fila na recepção e demora para liberar os quartos. A equipe que cuida da bagagem, estava

bem organizada e dando todas as informações. Nesse hotel, o cliente e a bagagem são levados

até o quarto/prédio, em carrinhos elétricos.



Transporte para hóspedes, no Vila Galé Marés

Nós chegamos pela manhã, como era uma sexta-feira, no período da tarde e no início da noite,

notamos um aumento no número de hóspedes, no sábado e no domingo, o hotel estava com

bastantes hóspedes. Isso fez com que as filas ficassem maiores, em todos os pontos de atendimento. Mas nada impossível de resolver com paciência. O Hotel disponibilizou Álcool em gel em todos os lugares com alimentos, sinalização de distanciamento no chão, equipe com máscara e luvas. E principalmente, não atendendo clientes

sem máscara. Conversamos com o gerente Miguel, que prontamente nos atendeu e nos deu vários

esclarecimentos e detalhes dessa retomada.

Quarto

Ficamos no Chalé frente mar, o quarto estava bem limpo e foi limpo todos os dias, sempre sem

a nossa presença, o Frigobar foi reposto todos os dias. Esse quarto é bem espaçoso, tem uma

banheira, separada do chuveiro, muito bonito.


Chalé em frente ao mar, no Vila Galé Marés

Restaurantes

Nos restaurantes Tenda dos Milagres (principal), e no Cravo e Canela (piscina), o atendimento

era feito por um colaborador, somente as saladas e sobremesas, que eram individuais, foi

possível se servir.

Aqui um comentário especial ao Peixe Vermelho Grelhado, estava excelente, imperdível, vale a

pena esperar na fila.

Espaços gastronômicos, no Vila Galé Marés

Nesses dois restaurantes o atendimento foi excepcional, todos sempre muito solícitos. As mesas

eram limpas sempre, os pratos e copos sujos eram retirados constantemente. E a comida era

bem variada e gostosa. Toda noite, no Tenda dos Milagres, o jantar era temático. E em frente

ao Tenda, toda tarde era servido um “Chá da Tarde”, bem gostoso.


Fartura nos restaurantes do Vila Galé Marés

Nos restaurantes temáticos, precisa realizar a reserva, pessoalmente na manhã do mesmo dia, e

como são somente dois abertos no momento, e devido ao distanciamento das mesas, o que leva

à uma redução na capacidade, foi necessário “enfrentar” uma fila logo pela manhã, o

atendimento começa às 08:00hs, porém, já tem hóspede na fila a partir das 07:00hs. Os horários

para reservar, são previstos para que, antes de um horário novo começar, todo o restaurante

seja limpo e higienizado.

Tivemos a oportunidade de conhecer os dois em uso: O Massa fina, com uma proposta italiana, com uma pizza realmente de massa fina bem crocante, e também serve massas muito bem preparadas e gostosas e principalmente bem “fartas”.

Restaurante Massa Fina, no Vila Galé Marés

O Inevitável, com uma lagosta simplesmente “maravilhosa”, um clima agradável e bom

atendimento, é imperdível. Nesse restaurante, é obrigatório ir com uma roupa menos casual,

com atenção ao calçado masculino, que deve ser fechado e ao uso de bermuda social ou calça.

Mas o local merece essa formalidade.


Restaurante Inevitável, no Vila Galé Marés

Bares

Jubiabar – o bar do lobby – aqui onde a estadia começa e termina, atendimento excelente,

bebidas bem elaboradas, um café com chantilly delicioso, e um ambiente agradável.


Bar Jubiabar, no lobby do Vila Galé Marés

Bar Molhado – dentro da piscina – atendimento excelente, e uma boa variedade de bebidas.


Bar Molhado, em piscina do Vila Galé Marés

Lazer

A equipe de recreação esteve presente todos os dias na piscina, com ginástica e diversão, e à

noite, sempre no palco próximo à recepção, um show muito divertido.


Apresentação ao vivo, no Vila Galé Marés

SPA

Satsanga SPA, um lugar bem tranquilo, usamos o serviço de massagem, tudo com bastante

cuidado, proteção e uma tranquilidade incrível. O agendamento precisa ser feito

presencialmente ou ligando no SPA.


Satsanga SPA, no Vila Galé Marés

Praia

Esse hotel tem várias espreguiçadeiras espalhadas por toda área próxima à praia, notamos a

presença constante de segurança e guarda-vidas. O mar, somente no último dia, estava com

bandeira amarela, nos demais estava com bandeira vermelha. Mas foi possível caminhar pela

areia.


Praia em frente ao Vila Galé Marés

Piscinas

As piscinas estavam com bom distanciamento entre as espreguiçadeiras, sempre com pessoal

limpando, e notamos que toda noite, todas as almofadas das espreguiçadeiras eram limpas.


Piscinas do Vila Galé Marés

Todos os dias o clima ajudou muito, tanto durante o dia, como durante a noite, ocorreram

algumas chuvas, durante o dia, mas rápidas e sempre “aparecia o sol”, depois.

No dia da saída, é possível agendar a retirada da bagagem do quarto, com a devida

antecedência, junto à recepção. E nós fizemos isso e o pessoal chegou no horário marcado. O check-out foi bem rápido e simples, nesse dia o hotel estava mais vazio, o que reduziu as filas.

Ficamos bem satisfeitos com esse hotel, tanto no atendimento, como na alimentação e nas

instalações.


Segunda Etapa – Vila Galé Salvador e Cidade de Salvador

Utilizamos o Hotel Vila Galé Salvador, que fica em Ondina, sobre as pedras do Morro do Escravo

Miguel.


Diretor Algacir da TSTour, no Vila Galé Salvador

O hotel não estava lotado, o check-in foi rápido e tranquilo. O atendimento foi excelente. Ficamos no sexto andar, em um quarto espaçoso, bem limpo, e com uma vista maravilhosa.


Piscina do Vila Galé Salvador

O serviço de quarto, com pessoas sempre muito atenciosas e prontas para ajudar, o quarto foi

limpo todos os dias. Como é um hotel urbano, não tem todos os atrativos do resort, porém, tem um lobby bem agradável e tranquilo.

A piscina, bem localizada, com uma vista incrível do mar. As cadeiras eram higienizadas, sempre

que algum hóspede deixava de usar.


Funcionário da higienização, no Vila Galé Salvador

O restaurante do hotel – o Versátil – estava com bom distanciamento entre mesas e o

atendimento era feito por colaborador. Somente as sobremesas e saladas que você conseguia

se servir.

Usamos principalmente no café da manhã e em um jantar e um almoço.

A tapioca e o omelete eram muito gostosos e bem elaborados.

No jantar e no almoço, o prato com massa e o escondidinho estavam ótimos.


Restaurante do Vila Galé Salvador

Aqui dois pontos não tão bons, no café da manhã as bebidas eram servidas à mesa, com isso,

gerava uma demora, pois era somente uma pessoa para servir várias mesas. E a limpeza e

reposição das mesas era demorada, pois também somente um colaborador fazia essas duas

tarefas.

Na cidade de Salvador - Alguns pontos turísticos da cidade que visitamos:

Praia de Itapuã, estava com o acesso à areia fechado, devido decreto municipal. Mas estava com

o passeio público bem limpo e tranquilo.


Praça Vinícius de Moraes e Praia de Itapuã

Farol da Barra, devido ao decreto municipal, o acesso ao Farol e ao Museu estavam fechados. Mas foi possível andar pelo calçadão. Tudo estava tranquilo e bem policiado.


Farol da Barra, em Salvador

Mercado Modelo, no dia que visitamos era o dia da reabertura, para acessar, era necessário

medir a temperatura e usar álcool em gel, e tinha um controle de acesso, limitando o número

de visitantes. A maioria das lojinhas estavam abertas, tudo bem limpo e arrumado, tinha uma

pia instalada no corredor central para maior limpeza das mãos. Os dois restaurantes da varanda

estão funcionando normalmente, com uma comida deliciosa.


Elevador Lacerda, cartão postal maior de Salvador

Elevador Lacerda, estava funcionando normalmente, porém, com limitação de passageiros com

elevador. A passagem continua muito barata, incríveis R$0,15, isso mesmo, quinze centavos.

Todo o prédio estava bem limpo, as filas organizadas e com um bom atendimento.

Pelourinho, como as atrações turísticas estão fechadas, o movimento turístico na cidade está

bem reduzido, por isso, o local estava vazio. Mas com policiamento e limpeza.

Igreja de São Francisco, um dos poucos locais abertos, mas sempre um lugar muito interessante

de visitar, a entrada custa R$5,00 e sempre tem algum guia turístico oferecendo os serviços na

porta.

Catedral de Salvador, outro local aberto, com limitação de visitantes e procedimento de

biossegurança, como essa igreja é utilizada normalmente, notamos que os bancos estavam com

sinalização de limitação de ocupação. Para visitar fora do horário de missa, o ingresso custa

R$5,00.


Interior da Catedral de Salvador

Largo da Mariquita, nesse local existem vários “barzinhos”, alguns com música ao vivo, com

muitas opções de comidas, e estacionamento com zona azul. Todos os bares estavam com controle de acesso, distanciamento entre mesas e álcool em gel disponível.

Nós jantamos no Bar Maria da Vila, que estava com bom distanciamento entre mesas e a comida

estava boa. A região estava bem movimentada, pois todos os bares e restaurantes estavam abertos. Nessa Praça foi o único local que observamos aglomeração de pessoas. Mas os restaurantes e bares,

ficam do outro lado da rua.

Igreja de Nossa Senhor do Bonfim, devido às obras nas ruas próximas, foi um pouco mais

demorado chegar lá, tinha muito trânsito, mas o GPS achou a melhor rota. Estava acontecendo

uma missa, com isso, o acesso à igreja estava limitado, e como tinha um grande número de

pessoas assistindo à missa, não foi possível chegar perto da igreja. Mas a praça em frente estava

bem limpa e com a presença de policiamento. E com a presença dos “insistentes” guardadores

de carros. Aqui uma dica, na cidade de São Paulo e na cidade de Salvador, tem zona azul na

maioria da ruas importantes, e eu uso um aplicativo no celular chamado Digipare - uso esse

aplicativo desde 2019 e nunca tive problemas - onde é possível comprar o talão de zona azul

previamente e quando chega em um local, é só ativar a localização e clicar na placa do veículo.

Pronto você está com o cartão virtual de zona azul, daquele local. Falando isso para o “guardador

de carros” você diminui o assédio deles.


Igreja de Nosso Senhor do Bonfim

No dia de retornarmos, o trânsito estava bem complicado, devido às obras pela cidade, muitas

ruas interditadas totalmente ou parcialmente. A entrega do carro foi tranquila e rápida, mas como estavam levando uma família por vez, houve uma certa demora para chegar no aeroporto.

Entendemos que, no caso de Salvador, que as locadoras ficam fora do aeroporto, e o acesso

tanto ao aeroporto, como às locadoras é fácil, é melhor entrar no aeroporto, desembarcar as

bagagens e as pessoas, e depois ir entregar o carro, assim, já é possível despachar as bagagens

e fica somente uma pessoa para ser transportada.

Na viagem de volta, tudo dentro da normalidade, no voo e no aeroporto.

Para ir até o estacionamento, dessa vez, encontramos a van rapidamente e já fomos ao edifício

garagem, porém, como já era noite, outra vez, somente tinha um colaborador para devolver o

carro e levar as pessoas até o aeroporto, com isso, esperamos bastante para receber o carro.


Assim terminamos mais uma visita técnica, nós da TStour, sempre mantendo o compromisso de

levar aos nossos clientes e amigos, toda informação possível, para que todos passam escolher

com tranquilidade seu próximo destino. A TSTour te leva!

Siga a TSTour nas redes sociais – Facebook e Instagram – e pelo nosso site.

Até uma próxima!

18 views

Unidade

São Paulo - SP +55 11 2387-8057   |   +55 11 99553-4341

contato@tstour.com.br

Rua Cajaiba, 943 - Sala 02 -  Vila Pompeia, São Paulo – SP 05.025-000

Siga-nos

  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon
certificado cadastur site.jpg

© TSTour 2015 - Todos os direitos reservados